Diga adeus às manchas na pele

Diga adeus às manchas na pele

Partilhe este artigo:

O verão é uma época em que tipicamente a pele fica mais envelhecida e com manchas provocada pela exposição ao sol. Estas podem ser uma verdadeira dor de cabeça, já que, além de aparecerem sobretudo na face, são difíceis de eliminar.

A palavra chave no combate às manchas na pele é: prevenção. Assim, é importante utilizar antioxidantes de manhã, como vitamina C, e aproveitar a noite – que não tem exposição solar – para aplicar uma rotina de despigmentação, de acordo com o seu tipo de pele. É ainda essencial utilizar proteção solar todos os dias, independentemente do grau de exposição solar.

Quando as manchas surgem, alguns cremes permitem amenizar a sua tonalidade, mas estes tendem a ter resultados demorados. Existem, no entanto, alguns tratamentos estéticos que são capazes de ajudar a combater as manchas de forma mais eficaz e rápida, como tratamentos de microcicatrização e despigmetação da pele. Deixo três sugestões:

Skinbooster | É, fundamentalmente, uma hidratação intensiva da pele, que funciona de dentro para fora, para que fique totalmente rejuvenescida, com um ar mais saudável. São microinjeções de ácido hialurónico aplicadas estrategicamente nas camadas mais profundas da pele, na face e pescoço, capazes de tratar tanto as manchas desenvolvidas no período de verão, como marcas de acne e rugas finas. Estimula a produção de colágeno e melhora a elasticidade e firmeza da pele, podendo ainda atuar no melhoramento de olheiras.

Mesotrapia | Traduz-se na aplicação direta de nutrientes essenciais, como vitaminas, ácido hialurónico, agentes antioxidantes e minerais, através de microagulhas. É indolor e estimula a produção de colagénio e elastina, resultando numa pele mais jovem, brilhante e hidratada. Além das manchas, também ajuda a atenuar pequenas rugas. Para um bom resultado, são necessárias várias sessões, realizadas mensalmente. No entanto, as diferenças são notórias desde a primeira aplicação.

Peeling | Visa corrigir tanto manchas de pigmentação e cicatrizes de acne, como atenuar o envelhecimento da pele, minimizar as rugas e até a oleosidade. Trata-se da aplicação de uma solução química, habitualmente à base de ácido tricloroacético, que elimina as camadas mais superficiais e gastas da pele, rejuvenescendo-a e homogeneizando-a. O tipo de produto e a formulação usada vão depender do tipo de pele do paciente e da profundidade do peeling, podendo ser ajustado tanto a casos mais fáceis como a situações mais extremas.  Quanto mais profundo for o peeling, maior o tempo de recuperação, que pode ser de dois a cinco dias.

Além destes tratamentos de microagulhamento ou com recurso a ácidos específicos que se aplicam na pele, existem ainda outros com recurso a laser. É importante ter em atenção que estes dois últimos (peeling e laser) requerem algum tempo de recuperação sem exposição solar. Para garantir a escolha do tratamento mais adequado, é fundamental que consulte um médico especialista em estética.

Partilhe este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *