Redução mamária

Redução mamária

 

O excesso de volume mamário não causa apenas sintomas físicos (como a dor de costas, dores cervicais e marcas nos ombros pela pressão exercida pelas alças do soutien), mas também psicológicos e emocionais, levando, em alguns casos, ao isolamento social. A redução da mama permite obter um volume e uma forma mais adequados à estrutura e proporções da doente (desenhando uma mama mais adequada ao tipo corporal e melhor posicionada).

Durante o procedimento, é necessário recolocar o complexo aréolo-mamilar no seu local anatómico, sendo necessária uma cicatriz em torno da aréola. Além dessa cicatriz é necessária uma cicatriz vertical desde a aréola até ao sulco inframamário (dependendo do tipo de mama e volume a reduzir, pode ser necessário uma pequena incisão no sulco inframário, produzindo um “T” invertido). Muitas vezes é possível utilizar técnicas de cicatrizes reduzidas, sem comprometer um resultado estético e duradouro.

O procedimento tem a duração de 2 horas e poderá ser realizado em regime de ambulatório (com entrada e saída no mesmo dia) ou com uma noite de internamento.